MARILYN MONROE

MARILYN MONROE

O seu verdadeiro nome era Norma Jeane Mortensen e nasceu em Los Angeles, na Califórnia em 1 fe Junho de 1926. Adoptou o nome artístico de Marilyn Monroe e foi uma das mais belas actrizes norte-americanas. Foi uma das mais famosas e  badaladas  estrelas  de todos os tempos, por ser o maior  símbolo feminino de sensualidade do século XX. Marilyn nunca chegou a conhecer o seu pai biológico facto que lhe causou bastante desgosto.

Norma Jeane casou-se em 1942 com apenas 16 anos de idade, com Jimmy Dougherty com quem  começara  a namorar seis meses antes.  Jimmy dizia que ela era uma menina doce e religiosa, que gostava muito de ser abraçada. Norma estava muito apaixonada por Jimmy e eram um casal  feliz. Jimmy foi convocado para o serviço militar tendo-se alistado na marinha. O casal separou-se em 1944 quando Jimmy foi transferido para o Pacífico Sul, em comissão de serviço.

 Depois da partida do marido, Norma Jeane começou a trabalhar numa fábrica de munições, em Burbank, na Califórnia. Alguns meses depois, o fotógrafo Davis Conover viu-a enquanto tirava fotografias para a Revista Yank, de mulheres que ajudavam no esforço de guerra. Ficou maravilhado com a beleza de Norma e convidou-a para posar para uma série de fotos  resolvendo convidá-a depois para trabalhar como modelo. As fotografias de Norma alcançaram grande sucesso e ela depressa se transformou num modelo de grande popularidade. Nessa altura as suas fotografias já apareciam em várias capas de revistas.

 Norma ciente da sua popularidade e beleza começou a sonhar em vir a ser estrela de cinema. Quando o marido regressou do Pacífico em 1946, não concordou que Norma se tornasse estrela e opôs-se à ideia, o que levou Norma a ter que decidir entre o marido e a sua carreira, tendo-se divorciado de Dougherty nesse mesmo ano. Em 26 de Agosto de 1946 foi oficialmente contratada pela Twentieth Century Fox a ganhar 125 dollars por semana.  Nessa altura Norma pintou o seu cabelo de louro claro e adoptou o nome artístico de Marilyn Monroe.

 Marilyn começou a sua carreira artística como modelo fotográfico, mas a sua beleza invulgar rapidamente atraiu a atenção de uma importante empresa cinematográfica da época, a Twentieth Century Fox, que, em 1950, a convidou a participar em dois filmes “The Asphalt Jungle” e “All About Eve”. Estes dois filmes atrairam a atenção das plateias sobre Marilyn e começaram a construir o mito de beleza da jovem. Em 1953, a bela Marilyn, é de novo catapultada para as plateias americanas no filme “Niagara” que agradou extraordinariamente aos expectadores. Nesta película a actriz desempenhou um papel melodramático em que o cinema explorou acentuadamente o seu grande poder seductor. Ainda no mesmo ano Marilyn aparece no filme “Dumb Blonde” que foi também um sucesso de bilheteiras. Marilyn estava praticamente lançada na meca do cinema e daí para a frente os filmes começaram a suceder-se numa constante cadência, colocando a actriz no auge da popularidade cinematográfica e transformando Marilyn Monroe num símbolo da beleza feminina americana e mundial.

Marylyn foi galardoada por muitos prémios de mérito cinematográfico. A actriz ganhou em 1956  o Golden Globe pela sua excelente interpretação dramática na película ” Bus Stop “. Em 1957 Marilyn volta a ser galardoada pelo Bafta Award no filme ” The Prince and the Showgirl ” e recebe um galardão da David di Donatello.  Monroe voltou novamente a ser galardoada com o Golden Globe Award  pelo seu desempenho no filme “Some Like It Hot” rodado em 1959.

O último filme da actriz foi ” The Misfits ” contracenando com o famoso actor Clark Gable. Este filme baseou-se numa obra que Arthur Miller escreveu para o cinema. Não deixa de ser tragicamnente curioso que ” The Misfits ” foi também o último filme do actor.

Marilyn Monroe sobreviveu ainda algum tempo a Clark Gable, mas já se encontrava muito doente.   

 Marilyn sofria de crises constantes de insónia e submeteu-se a tratamento psiquiátrico. O seu  psiquiatra declarou, depois da sua morte, que ela recorreu a diversas drogas para se libertar dos seus problemas, tendo cometido excessos que a vieram a intoxicar e matar.  A actriz foi encontrada sem vida na sua casa de Los Angeles, em Brentwood, no dia 5 de Agosto de 1962. Isto praticamente há 50 anos no próximo mês de Agosto de 2012.  Na sua autopsia determinou-se, que a causa da  morte foi a excessiva ingestão de dois poderosos barbitúricos ( Hydrato de Chloral e Nembutal). Admitiu-se mesmo que a actriz num acto de desespero se tivesse suicidado com uma dose excessiva dos dois medicamentos. 

A actriz foi sepultada em Los Angeles numa cripta, no Cemitério de Westwwod Village, em 8 de Agosto de 1962.

 Marylyn morreu com 36 anos apenas, no auge da sua carreira de actriz.

                                                                                                                                                                                      

……………………………………………………………………………………………………………………….

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Cinema - Actores e actrizes, Grandes Interpretes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s