APÓS OS ATAQUES TERRORISTAS DE PARIS QUINTUPLICOU O NÚMERO DE ALISTAMENTOS NO EXÉRCITO

Após ataques em Paris, número de alistamentos no Exército francês quintuplica

Redação | São Paulo – 27/11/2015 – 15h54

Na Força Aérea e na polícia quantidade de inscrições também aumentou; onda de patriotismo francesa assemelha-se à americana após o 11 de setembro

Tweet

Após os ataques em Paris que deixaram 130 mortos, o número de alistamentos no Exército francês quintuplicou. A informação é do coronel Eric Lapresle, porta-voz do serviço de recrutamento francês, que deu uma entrevista na quinta-feira (26/11) para o jornal norte-americano The New York Times.

Na Força Aérea, a quantidade de aplicações subiu de 200 para 800 por dia. Na polícia, o número de inscrições foi de 1.500 ao dia para 4.500 desde os ataques. Segundo o jornal, até as vendas da bandeira francesa aumentaram.

Agência Efe

O número de inscritos nas Forças Armadas e na polícia francesa aumentaram desde os ataques a Paris no início do mês

Eu nunca vi nada assim. As pessoas estão vindo para cá e nos contatando aos montes por meio das mídias sociais, usando palavras como liberdade, defesa e luta contra o terror”, disse o Coronel Eric de Lapresle.

Efeito semelhante foi registrado nos EUA após o 11 de setembro: em dois anos, o número de militares norte-americanos aumentou de 38 mil para 1,4 milhão.

Apesar de desacordo sobre Assad, França e Rússia vão coordenar ações militares contra EI

‘França fará o possível para destruir exército de fanáticos’, diz Hollande em ato por vítimas de ataques em Paris

Em reação a abatimento de caça, Rússia vai passar a exigir visto de cidadãos turcos

“Os jovens especialmente estão se identificando com o que aconteceu. Os alvos no Bataclan [casa de shows] e nos outros lugares eram jovens, e os jovens estão dizendo que querem fazer alguma coisa”, argumentou o Coronel Lapresle.

Pelo menos 30 mil pessoas já haviam se alistado para as Forças Armadas após o tiroteio na redação do jornal satírico Charlie Hebdo, nos meses após o atentado.

Amanda Lourenço/Opera Mundi

Esta entrada foi publicada em TERRORISD NO MUNDO com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s