REINO UNIDO EFECTUA OS PRIMEIROS ATAQUES AÉREOS CONTRA O E.I. NA SÍRIA

Reino Unido realiza primeiros ataques aéreos contra Estado Islâmico na Síria

Parlamento britânico aprovou bombardeios horas antes.
Quatro aviões da força aérea real fizeram ataques nesta madrugada.

 Da France Press

Aviões de guerra britânicos retornam a base em Chipre após participarem de missão na Síria nesta quinta-feira (3) (Foto: Darren Staples/Reuters)Aviões de guerra britânicos retornam a base em Chipre após participarem de missão na Síria nesta quinta-feira (3) (Foto: Darren Staples/Reuters)

O Reino Unido executou na madrugada desta quinta-feira (3) os primeiros ataques aéreos na Síria contra posições do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), poucas horas depois do Parlamento autorizar os bombardeios, anunciou o ministério da Defesa.

Quatro aviões Tornado da Royal Air Force (RAF) “efetuaram a primeira operação ofensiva no céu da Síria, durante a qual realizaram ataques”, anunciou um porta-voz do ministério britânico da Defesa.

Os bombardeiros atacaram campos de petróleo na Síria, disse o ministro da Defesa britânico, Michael Fallon. Eles decolaram da base da RAF no Chipre.

“Aprovei ontem uma série de ataques nos campos de petróleo Omar… os Tornados tiveram sucesso no ataque contra estes alvos”, disse Fallon à BBC.

Nesta manhã, o país enviou oito aviões de guerra adicionais para a base no Chipre, que irão se juntar à ofensiva contra o Estado Islâmico na Síria.

“Hoje estamos dobrando nossa força de ataque. As oito aeronaves adicionais estão sendo enviadas para Akrotiri, elas estão no ar e a caminho”, disse Fallon.

A Rússia elogiou a ação britânica. “Continuamos apoiado qualquer ação para combater o terrorismo, na luta contra o Estado Islâmico”, disse Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin.

“Claro que acreditamos que a eficiência pode ser melhorada significativamente quando tais ações são coordenadas, com toda a ação é unida por uma coalizão”, afirmou.

O presidente da França, François Hollande, parabenizou os primeiros bombardeios britânicos, que considerou “uma nova resposta ao apelo para a solidariedade dos europeus” que tinha feito após os atentados de Paris.

Em comunicado divulgado pelo Palácio do Eliseu, Hollande “cumprimenta as primeiras operações aéreas britânicas na Síria”, depois do voto ontem no Parlamento “com uma grande maioria”.

Aprovação do Parlamento
Os bombardeios aconteceram poucas horas depois do Parlamento britânico autorizar as ações na Síria por 397 votos a favor e 223 contra.

A aviação britânica já participa nos ataques aéreos contra EI no Iraque.

O premiê David Cameron chamou de “simpatizantes de terroristas” os que se opuseram à medida.

O voto do Parlamento britânico a favor dos ataques aéreos contra o grupo Estado Islâmico “é a melhor decisão para preservar a segurança do país”, afirmou Cameron. “O Parlamento tomou a melhor decisão para preservar a segurança do país – a ação militar na Síria faz parte de uma estratégia maior”, escreveu no Twitter, após a decisão.

Esta entrada foi publicada em ISIS com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s