COM UM POUCO MAIS DE SABEDORIA E BOM SENSO TUDO SE RESOLVERIA

COMENTÁRIO: ISTO SÓ PROVA QUE OS NOSSOS GOVERNANTES FAZEM, CONVICTAMENTE, PARTE DE UM SISTEMA DE GOVERNO QUE NADA TEM DE DEMOCRÁTICO E QUE VISA APENAS O SEU INTERESSE PESSOAL.

Com um pouco mais de sabedoria e bom senso tudo se resolveria. ( Ensaio sociológico) 

Não é possível formar-se uma sociedade justa sobre uma base injusta e pobre. O povo é sempre o substrato em que se baseia uma sociedade e um país. A um povo pobre, explorado social e economicamente corresponde quase  sempre um país pobre e problemático. A classe política e as suas privilegiadas elites, deveriam ter isso na sua fraca bagagem de conceitos. Infelizmente porém, no caso do nosso país, o egoísmo dos que de forma antidemocrática,  sem que tenham demonstrado antes o seu valor e a sua competência, se guindam de várias maneiras aos cargos do Governo e do poder, poucas vezes o entendem e praticam. Foi assim que se construiu sempre a desequilibrada e aleijada sociedade portuguesa. É o estúpido princípio do muito para poucos que contempla os eleitos e do pouco para muitos que  atinge todo o substrato popular. No nosso caso a maioria é sempre o povo e os trabalhadores que devem aceitar tudo conformados, e que suportam toda a espécie de injustiças e carências, para manterem os  governantes felizes e governados. Não me parece nada justo e democrático que seja esse o princípio de qualquer governo, porque o Sol quando nasce deve mesmo ser para todos. Por isso, os governos deveriam, acima de tudo, providenciar para que se criem oportunidades para todos poderem crescer e evoluir. É esse o seu dever principal e não outro. Ao olharmos para as plantas podemos notar que elas só crescem e frutificam abundantemente quando são regadas e tratadas e quando o terreno em que se desenvolvem é fértil. Se não for assim, definham e morrem sem produzir coisa alguma. Um dia perguntaram a um industrial muito conhecido, porque pagava tanto aos seus operários. A resposta que deu foi esta: Porque os meus operários vão ajudar-me a crescer economicamente, podendo comprar também os carros que eles próprios fabricam.  Esse sábio industrial foi o célebre  Henry Ford. Quando olho para o panorama governativo português consigo entender bem a nossa relativa pequenez e fico muito revoltado. O que sinceramente nunca consegui perceber é a razão porque um povo tão sacrificado como o nosso, nunca se soube servir do poder do voto, ao abrigo legal da Constituição para mudar este mau conceito. Vota quase sempre mal e depois reclama e admira-se com o que lhe acontece a seguir. Afinal de quem é a verdadeira culpa? Será do povo ou será dos governos que  inconscientemente elege e sustenta? Conclusão: os governos não prestam porque o povo não os sabe escolher melhor.

O Pica pau angolano.        

Esta entrada foi publicada em POLÍTICA com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s