DESABAFO DE UM PORTUGUÊS NASCIDO EM ANGOLA

DESABAFO

Vi ontem a grande reportagem sobre Angola. Deixou-me muito triste e indignado como não podia deixar de ser. Já se começam a conhecer as reações de surpresa e indignação de uma grande parte dos países do mundo. A pergunta que eu faço e que paira na opinião pública mundial é esta: Como pode ser verdade tamanho descalabro económico e social, num país tão pejado de recursos. Que nível de incompetência e de corrupção são necessários para que se possa acreditar naquilo que as chocantes imagens nos mostram.  Meu Deus, o sofrimento atroz  desse povo explorado é verdadeiramente inacreditável! Todas essas misérias e injustiças nos têm sido ocultadas pelos media. Que insensibilidade, que responsabilidade moral, que traição contra a justiça e contra o amor ao próximo. Na minha qualidade de angolano e de cristão, que nunca se identificou com a forma como Portugal vendeu Angola às hienas e aos chacais estrangeiros que forjaram as marionetas que os haviam de devorar, sinto-me verdadeiramente horrorizado. Não me é  difícil identificar as raízes da culpa. A culpa cabe quase toda aos governos portugueses, pós 25 de Abril. Festejàmos um Golpe a que deram o nome de revolução popular, para servir os interesses de uma elite política que apenas desejava alijar-se das suas responsabilidades históricas. Tudo para construir um novo país, pseudo democrata, que perdeu completamente a sua soberania e que ainda não sabemos se conseguirá sobreviver economicamente. Mas entretanto escravizámos milhões de infelizes que vivem agora numa miséria atroz, e que se transformaram num povo sem futuro e sem horizontes. Os responsáveis por essa enorme tragédia podem começar já a limpar as mãos às paredes. Como é revoltante ver o povo angolano a sofrer dessa maneira! Um dos grandes motivos da docilidade e subserviência que manifestam é o facto da população actual de Angola ter, na maior parte, nascido  depois de 1975 e não ter conhecido sequer a administração colonial portuguesa, que embora imperfeita e bastante injusta era contudo bem melhor do que  aquela que têm hoje. Que triste sorte a vossa!

O Pica Pau Angolano       

Esta entrada foi publicada em DESABAFO DE INDIGNAÇÃO com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s