BOAS NOTÍCIAS

Boas Notícias

Crianças até aos 12 anos vão ter passe gratuito em Lisboa

 A medida será implementada a partir de Janeiro de 2017 e acompanha uma redução do preço do passe para idosos com mais de 65 anos.

A Câmara Municipal de Lisboa assina esta segunda-feira um acordo de gestão com a Carris FÁBIO AUGUSTO/PÚBLICO

TÓPICOS

A partir de Janeiro, as crianças entre os quatro e os 12 anos vão ter passe de transporte gratuito para viajar na Carris e Metro. A medida integra um pacote do memorando de entendimento que será assinado esta segunda-feira entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Carris. A novidade é dada pelo presidente da câmara, Fernando Medina, em declarações ao Correio da Manhã (CM). A partir de 1 de Janeiro, a autarquia passará a gerir a empresa pública que opera a rede de autocarros na capital.

A esta medida soma-se ainda a redução do preço do passe dos idosos com mais de 65 anos, que baixa mais de 40%, de 26,75 euros para 15 euros. Entre os 13 e os 18 anos o preço mantém-se nos 26,75 euros. O preço de um passe Navegante normal é de 36,65 euros.

Durante a cerimónia de assinatura, às 10h30, no Museu da Carris, em Lisboa, a câmara irá ainda anunciar o número de motoristas a contratar e o número de autocarros a adquirir, sendo que o investimento será financiado com as verbas do estacionamento, multas de trânsito e pelo Imposto Único de Circulação.

Fernando Medina adianta ainda ao CM que haverá uma nova rede de transportes nos bairros com 21 novas carreiras, cujo percurso será por mercados centros de saúde, escolas, farmácias e zonas comerciais.

“O novo modelo de gestão visa a elevação dos actuais patamares de eficiência e sustentabilidade no desenvolvimento do serviço público de transporte de passageiros, isto ao nível da universalidade do acesso e da qualidade dos serviços, da coesão económica, social e territorial, do desenvolvimento equilibrado do sector dos transportes e da articulação intermodal”, refere o comunicado do Ministério do Ambiente.

A gestão da Carris era uma ambição antiga da autarquia e a decisão do Governo surge na sequência da suspensão do processo de subconcessão das empresas públicas de transporte de Lisboa e do Porto, lançado em 2011 pelo anterior Governo PSD/CDS-PP.

Notícias retiradas do Jornal “Público” com o propósito de uma maior divulgação

 

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s