A BATALHA DAS TERMOPILAS – ESPARTANOS E PERSAS EM CONFRONTO

Publicado em História Universal | Etiquetas | Publicar um comentário

NINGUÉM PODE VIR ATÉ MIM SE POR DEUS NÃO FOR ENVIADO

Publicado em Religião, Uncategorized | Etiquetas | Publicar um comentário

CARTA DE CRISTINA MIRANDA a MARIANA MORTÁGUA

Carta a Mariana Mortágua torna-se viral

Carta de Cristina Miranda

Mariana tem sido acusada de querer roubar os portugueses, mas as palavras de uma mulher contra a bloquista estão a tornar-se virais na internet.

“É preciso ser-se muito nulo para não saber governar sem sacar a quem faz pela vida.”

Cristina Miranda é natural de Viana do Castelo, foi professora e, segundo a própria, trabalha desde os 16 anos. Como muitos outros portugueses, está indignada com a nova proposta de imposto de Mariana Mortágua para taxar o património. 

A vianense escreveu um longo texto no Facebook que conta com centenas de comentários e milhares de interações e partilhas, sobre o novo imposto que deverá incidir sobre o valor tributário total dos imóveis dos contribuintes, enquanto o IMI (imposto municipal de imóveis) se aplica ao valor de cada prédio.

“Cara Mariana, no seguimento à sua brilhante frase “Temos de perder a vergonha e ir buscar dinheiro a quem está a acumular dinheiro”, permita-me a minha revolta nestas palavras que lhe dirijo: Esta sou eu com 16 anos no meu 1º trabalho, nas férias do Liceu (não, não é photoshop nem posei para a fotografia, estava mesmo a trabalhar!). Ganhei o meu 1º salário, 30 contos, como operadora de empilhador numa bloqueira. Aos 17, já carregava camiões, com chuva e pó nas ventas ao volante de 1 máquina de maior porte. Com 6h de trabalho intenso, onde por vezes era preciso montar paletes (de blocos de cimento), seguia pra escola. 

Aos 18 já era independente e pagava as minhas contas. Ingressei no ensino superior. Dava aulas durante o dia todo e seguia para o Porto, estudar à noite. Formei-me a pagar meus próprios estudos como trabalhador estudante. Comprei aos 23 anos meu 1º carro sozinha (1 super cinco em 2ª mão). Aos 28 anos construí 1 casa com empréstimo bancário que paguei durante 15 anos. Aos 35, tinha já 1 poupança de alguns milhares. Ao longo dos meus 50 anos, já fiquei sem emprego mas nunca sem trabalho. 

Só estive 4 meses no fundo de desemprego, para logo de seguida empreender. Quando estive grávida deixei perplexa a funcionária da segurança social perante minha ignorância e não ter, por isso, requerido subsídio. É que meus pais ensinaram-me a trabalhar, não a viver à custa do Estado. Não desenvolvi essa habilidade. Porque apesar de não ter dividido como o meu pai, 1 sardinha por três, cresci sem saber o que era abundância. A dar valor a tudo o que se tinha. A lutar. A fazer reservas para o futuro. 

Emigrados no Canadá, e porque era preciso “acumular dinheiro”, não tenho 1 lembrança, em criança, de 1 passeio com meus pais, de 1 almoço fora, de 1 férias… Os brinquedos, ainda hoje consigo lembrá-los todos. As roupas e calçado, só quando eram mesmo precisos. Vivi em casas modestas dormindo na sala. Porque era preciso “acumular dinheiro”, aos 5 anos tive de aprender a tomar conta de mim sozinha (ter babysitter é prós fracos). Porque meu pai , acampado nos bosques onde cortava pinheiros, só vinha ao fim semana. Minha mãe, tinha 2 empregos (era contínua e fazia limpezas), só a via à hora de almoço porque saía às 5h e chegava sempre pelas 24h. Cresci sozinha porque era preciso trabalhar arduamente para “acumular dinheiro”. Porque o meu pai não assaltou bancos. O que tinha era mesmo dele. Saiu-lhe do corpo. 

Por isso, vocês é que deveriam ter VERGONHA. Porque é preciso ser-se muito NULO para não saber governar sem sacar a quem faz pela vida. Criar grupos de trabalho de como assaltar as poupanças e património, em vez de procurar estimular e incentivar a economia. Porque de facto, já não pagamos impostos suficientes. Saiba que os “acumuladores de dinheiro deste país, trabalharam arduamente para o ter. Sejam grandes ou pequenos acumuladores de dinheiro”, TODOS começaram de baixo (excluo aqui, como é óbvio, os criminosos assaltantes de bancos, de património, traficantes). E consoante as suas aspirações, uns apostaram mais alto, outros menos, mas todos contribuindo para o enriquecimento da Nação. 

E é graças a eles TODOS que a Mariana, sem mérito algum, pousa o seu rabito no Parlamento. Porque não fossem eles, não haveria salário para nenhum de vós, que a bem dizer, é um desperdício. O país não precisa de parasitas que estudam meios para conseguir roubar mais a quem os sustenta. Precisa sim de gente como nós, mais ou menos “abastados” que produz, que investe, que cria postos de trabalho. 

Por isso, cada vez que estiver nessas reuniões de “trabalho” sinta vergonha por mais 1 assalto à classe dos “abastados” (classe média) em vez de começar por tributar o património dos partidos políticos onde se inclui o vosso palacete ocupado à força depois da revolução; por ter chumbado o decreto sobre enriquecimento ilícito; por ter permitido as subvenções vitalícias; por fazer vista grossa à corrupção existente no sector financeiro e organismos públicos; por proteger a classe que nos rouba e empobrece: a vossa.”

Cristina Miranda

COMENTÁRIO: Eu não sou fã político de Catarina Mortágua mas não concordo com Cristina Miranda. Cristina Miranda vê-se bem que não simpatiza nada com Catarina Mortágua, mas daí ao ponto de a considerar nula pelas razões que aponta parece-me excessivo e insultuoso. Catarina parece ser uma moça bem inteligente e sincera no seu  desempenho político como deputada. Percebe-se bem, que quando a deputada Catarina Mortágua  profere a frase Temos de perder a vergonha e ir buscar dinheiro a quem está a acumular dinheiro” não está a referir-se aos que trabalham e acumulam algum dinheiro de forma honesta  com o suor do seu rosto, está a referir-se certamente a quem acumula dinheiro (e muito) de forma desonesta, aos que muito têm sem saber bem a aplicação que lhe dar, aos que parasitam o país através de cargos políticos e mordomias imerecidas, aos que o ganham em golpadas financeiras, ou numa constante e calculada compra e venda de acções na bolsa, aos que, sem o merecer e sem trabalhar, o obtém por actos de corrupção que prejudicam o país e os contribuintes. A esses fracos e maus patriotas que julgam que o Estado e o Governo existem para deles se servirem e enriquecerem. Eu apoio completamente Catarina Mortágua e felicito-a pela coragem que teve em dizer o que disse e em querer que se criem leis que limitem essas tremendas imoralidades. Cristina Miranda foi tremendamente injusta e ofensiva para Catarina Mortágua e procurou apenas aproveitar a ocasião para obter alguma notoriedade. Devia pedir-lhe públicas desculpas. Não é dessa forma que uma pessoa revela o seu valor. O mal deste país é que ele está muito cheio de Cristinas Mirandas.

 Pica pau angolano

 

 

 

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

REPORT SOLAR Y SÍSMICO – ENJAMBRE EN LA SAN ANDRÉ ….CALIFORNIA

COMENTÁRIOS : O ESTADO DA CALIFÓRNIA ESTÁ SOB A AMEAÇA DE UM GIGANTESCO TERRAMOTO

Publicado em ACTIVIDADE SÍSMICA | Etiquetas | Publicar um comentário

UM GRANDE TERREMOTO AMEAÇA BREVEMENTE TODO O ESTADO DA CALIFÓRNIA

Publicado em Uncategorized | Etiquetas | Publicar um comentário

QUEM É ERDOGAN ?

OPINIÃO: QUEM VIVER VERÁ SE É VERDADE OU NÃO. TUDO APONTA PARA QUE POSSA SER ELE, MAS COMO DIGO, O ASSUNTO É BASTANTE POLÉMICO.

Publicado em A REALIDADE ASSUSTADORA | Etiquetas | Publicar um comentário

DE ONDE VIRÁ O ANTICRISTO, IRAQUE OU MOSUL, IRÃO OU TURQUIA ?

COMENTÁRIO: PARECE QUE TUDO SE CONJUGA PARA SE SABER DE ONDE VIRÁ O ANTICRISTO. Trata-se de um assunto grandemente polémico. Analise atentamente os argumentos do autor e repare como eles se ajustam às profecias.

Publicado em Profecias | Etiquetas | Publicar um comentário